Artigos

Informal Weekend: uma quarta edição plena de sucesso

Decorreu nos dias 28, 29 de fevereiro e 1 de março de 2020, no HD | Ducetânia Hotel, em Penela, o IV Informal Weekend, organizado pelo Clube de Internos de Cirurgia Cardíaca (CICC), comissão da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Cardiotorácica e Vascular (SPCCTV).

 

Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
A Nutrição Parentérica, a Neonatologia e o farmacêutico pediátrico

Compreenderam bem… e o farmacêutico pediátrico. À medida que o conhecimento técnico vai evoluindo, cada vez mais nos relacionamos com profissionais de saúde altamente especializados. É por isso inevitável que o farmacêutico acompanhe esta tendência. Não me refiro apenas à necessidade premente da afirmação do farmacêutico clínico, refiro-me à necessidade do farmacêutico clínico surgir com subespecialidades, nomeadamente em Pediatria, Oncologia, e, entre muitas outras, a Nutrição.

 

Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Um médico que seja seu

O Dia Europeu dos Direitos dos Doentes, assinalado a 18 de abril, é uma iniciativa criada em 2007 por um movimento de cidadania com forte ligação à União Europeia, o Active Citizenship Network. À semelhança de outras organizações nacionais e internacionais, esta entidade criou um documento em que se encontram os seus principais valores, a Carta Europeia dos Direitos dos Doentes.

 

Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
COVID-19 e a Medicina Interna portuguesa: todos não somos demais

 A COVID-19 é uma doença nova. Subitamente, um novo coronavírus – SARS-CoV-2 – provocou uma pandemia que obrigou a reorganizar hospitais, a esquecer a tradicional divisão em serviços de especialidades, a mobilizar todos os recursos materiais e humanos. Agora temos de ser um por todos e todos por um, todos médicos com a missão de tratar estes doentes. A pandemia veio reforçar o conceito de que não há doenças exclusivas duma determinada especialidade, há doentes que precisam de múltiplos saberes coordenados. Todos não somos demais.

 

Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter

Pesquisa