Bolsas de Cidadania Roche atribuem 60 mil euros para seis projetos que beneficiam os doentes
04/05/2018 15:46:37
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Bolsas de Cidadania Roche atribuem 60 mil euros para seis projetos que beneficiam os doentes

No passado dia 2 de abril foram selecionados os seis vencedores das Bolsas de Cidadania Roche. Do número recorde de 42 candidaturas apresentadas nesta 4.ª edição, foram escolhidos seis projetos que promovem a saúde e informação dos doentes, a quem foi atribuído, no total, 60 mil euros.

A Associação Portuguesa de Hemofilia e de Outras Coagulopatias Congénitas, com o projeto “Ver o futuro”, foi a grande vencedora, ao receber o 1.º prémio no valor de 20 mil euros. Destinado a jovens com hemofilia entre os 14 e 28 anos, o projeto visa, com o recurso das novas tecnologias, criar uma rede de auto-apoio e ajudar esta faixa etária a encarar de forma saudável a sua patologia crónica.

No valor de 15 mil euros, o 2.º prémio foi entregue à campanha “Amigos na Demência”, desenvolvida pela Alzheimer Portugal, que convida os portugueses a comprometerem-se ativamente na melhoria do dia-a-dia das pessoas com demência.

O 3.º prémio, de 10 mil euros, foi atribuído à Associação Desportiva Padel Sem Barreiras, pelo projeto “Padel Adaptado - Prática Desportiva para TODOS e sem barreiras”, que pretende dinamizar a prática desta atividade a todos os portadores de deficiência motora e/ou intelectual.

A Associação Portuguesa de doentes de Parkinson arrecadou o 4.ºprémio com o “PROGRAMA COGWEB MOVE IT”, no valor de cinco mil euros.

As restantes duas bolsas, no valor de cinco mil euros cada, foram entregues à Fundação Rui Osório de Castro, com o projeto “Renovação PIPOP - Portal de Informação Português de Oncologia Pediátrica”, e à Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras, pelo programa “Corpo e Mente em Movimento”.

Na cerimónia de entrega estiveram presentes os elementos do júri, nomeadamente a presidente da Comissão de Revisão da Lei de Bases da Saúde, Dr.ª Maria de Belém Roseira, a diretora-geral da Saúde, Dr.ª Graça Freitas e a presidente da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed), Dr.ª Maria do Céu Machado.

Também o padre e coordenador nacional da Pastoral da Saúde, Dr. José Pereira de Almeida, o ex-presidente da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, Prof. Doutor Henrique Luz Rodrigues, a jornalista do Expresso Dr.ª Vera Lúcio Arreigoso e o diretor médico da Roche, Dr.Miguel Sanches estiverem presentes.

A iniciativa da Roche destina-se a financiar projetos e ideias que fomentem a participação dos cidadãos e doentes no processo de decisão em saúde, de informar os doentes dos seus direitos de acesso à informação e ao envolvimento nas decisões individuais de tratamento.

Até ao momento, as Bolsas de Cidadania Roche já apoiaram 15 projetos, no valor total de 135 mil euros, em área como Diabetes, Oncologia Pediátrica, Hemofilia e Doenças Raras.

Mais informações disponíveis aqui.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019