Médicas lançam livro sobre endometriose
11/11/2019 15:58:03
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Médicas lançam livro sobre endometriose

A Dr.ª Fátima Faustino, coordenadora do Centro Especializado em Endometriose do Hospital Lusíadas Lisboa, e a Dr.ª Sandra Sousa, responsável de Imagiologia da mesma unidade, acabam de lançar o livro “Endometriose – a doença das mil faces”. A obra foi apresentada aos profissionais de saúde à margem da realização da 194.ª Reunião da Sociedade Portuguesa de Ginecologia – Endoscopia Ginecológica Global.

A obra disponibiliza informação detalhada sobre os diferentes aspetos da endometriose e divide-se em duas partes distintas. A primeira parte tem como foco a revisão dos conhecimentos atuais pelos diferentes especialistas que estão envolvidos na fase de diagnóstico e decisão terapêutica e a segunda apresenta as várias formas de manifestação da endometriose com recurso a exemplos práticos. No livro encontra-se ainda um atlas radiológico, que tem como objetivo orientar o radiologista através da análise de vários casos, e a exposição de casos clínicos concretos.

“Esta obra multidisciplinar, orientada para os vários intervenientes na abordagem das doentes com endometriose, destina-se sobretudo a radiologistas e ginecologistas, em fase de formação ou que, apesar de já experientes, desejem explorar ou procurem auxilio para o esclarecimento e tomada de decisão em casos que, frequentemente, são um enorme desafio tanto do ponto de vista do diagnóstico como do tratamento”, explica a Dr.ª Fátima Faustino, autora do livro.

“Infelizmente, ainda se verifica um considerável atraso no diagnóstico da endometriose, uma situação que provoca um grande sofrimento e uma diminuição na qualidade de vida destas doentes. A identificação e o tratamento precoces são essenciais para evitar os efeitos negativos da dor, prevenir a progressão da doença e preservar a fertilidade. Desta forma, este livro assume-se como uma ferramenta essencial para os profissionais de saúde e que poderá fazer a diferença no acompanhamento destas doentes”, conclui.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019