2.º Curso de Neonatologia da CUF Academic Center pretende ser o “ABC do recém-nascido em ambulatório”
08/01/2020 15:02:27
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
2.º Curso de Neonatologia da CUF Academic Center pretende ser o “ABC do recém-nascido em ambulatório”

A segunda edição do Curso de Neonatologia “ABC do recém-nascido em ambulatório” decorrerá no próximo dia 13 de março, nas instalações do Hospital CUF Descobertas, em Lisboa. A formação é promovida pela CUF Academic and Research Medical Center e organizada pelo Centro da Criança e do Adolescente do Hospital CUF Descobertas. Em declarações à News Farma, a Dr.ª Cláudia Fernandes, membro da organização e especialista em Pediatria do Hospital CUF Descobertas, revelou que o curso tem como objetivo atualizar os conhecimentos nas áreas ligadas aos cuidados neonatais, fornecendo competências ao desempenho de funções em ambulatório. A responsável prêve a inscrição de 90 formandos, à semelhança da edição anterior.

 

News Farma (NF) | A quem se dirige este curso?

Dr.ª Cláudia Fernandes (CF) | Este curso está vocacionado para a abordagem teórico-prática/multidisciplinar dos vários profissionais que prestam cuidados neste período da vida (recém-nascido) e tem como objetivo uniformizar práticas e informação. Assim, os principais destinatários são médicos de Medicina Geral e Familiar, médicos internos de formação específica de Medicina Geral e Familiar e de Pediatria, internos do ano comum, alunos de Medicina e/ou Enfermagem, enfermeiros da área de Pediatria/Neonatologia e outros técnicos de saúde da área da Pediatria/Neonatologia.

 

NF | Que motimos levaram a CUF Academic and Research Medical Center a realizar deste curso?

CF | Achamos que a formação dos profissionais de saúde é bastante completa no que diz respeito à Neonatologia, mas a experiência adquire-se na prática e, por isso, mais uma vez, realçamos a componente prática deste curso e a abordagem multidisciplinar.

 

NF | Qual a importância deste tema?

CF | O curso tem como principal objetivo a atualização de conhecimentos nas diversas áreas dos cuidados neonatais com base em evidência científica e também pretende contribuir para a aquisição de competências práticas no desempenho de cuidados ao recém-nascido em ambulatório, que habitualmente envolvem múltiplos profissionais de saúde. Nos últimos anos os progressos na Neonatologia têm sido múltiplos, com uma exigência de conhecimento abrangente e diferenciado. Por vezes há desfasamento de conhecimentos entre os neonatologistas, que trabalham em hospitais e os clínicos que exercem no ambulatório. A ideia desta formação foi estruturada de forma a capacitar o médico/ profissional de saúde para adequada avaliação e seguimento do recém-nascido em ambulatório quer saudável, quer com patologia.

 

NF | Quais serão as temáticas em destaque?

CF | Nos últimos anos em Portugal, à semelhança de outros países desenvolvidos, verifica-se um aumento da taxa de prematuridade (calculada para bebés nascidos antes das 37 semanas de idade gestacional). Os avanços médicos na área da prematuridade têm sido enormes e as taxas de sobrevida de bebés cada vez mais imaturos têm aumentado. Contudo este aumento de sobrevida por vezes dá-se à custa de alguma morbilidade. Estas crianças requerem equipas multidisciplinares de profissionais que possuam conhecimentos atualizados para a sua adequada avaliação e orientação no ambulatório. Também sabemos que muitos dos Recém-nascidos, quer saudáveis, quer com patologia são seguidos por médicos de medicina geral e familiar e/ou outros profissionais de saúde a quem se destina o nosso curso e esperamos todos vir a beneficiar dele.

 

NF | Este curso aborda questões muito concretas, como o aleitamento e a icterícia, mas também questões emocionais. Há alguma das temáticas do curso que requeira mais atenção por parte dos profissionais de saúde?

CF | Todos os temas são pertinentes para quem lida com este grupo etário. A atualização de conhecimentos teórico-práticos e troca de experiências para a uniformização de cuidados, que é fundamental nesta fase tão sensível para a família, existe a vários níveis, nomeadamente biopsicossociais. Atualmente a facilidade de aquisição de informação veiculada na comunicação (revistas, internet, etc.) é tão diversificada como confusa e por vezes pouco precisa, cabendo aos profissionais de saúde corrigir desvios e promover boas práticas.

 

NF | Quem será o painel de formação?

CF | O painel de formação será constituido não só pela equipa residente de neonatologistas, enfermeiros e psicóloga clínica do Hospital CUF Descobertas, mas também por outros neonatologistas, de outros hospitais que colaboram na equipa de urgência da Neonatologia.

   

NF | Em que consistirá a metodologia de avaliação?

CF | À semelhança do ano anterior, haverá um teste de escolha múltipla, que é opcional.

 


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019