Petição pública para alargamento do acesso gratuito a dispositivos de PSCI a maiores de 18 anos entregue no Parlamento
15/01/2020 15:30:02
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Petição pública para alargamento do acesso gratuito a dispositivos de PSCI a maiores de 18 anos entregue no Parlamento

O grupo de apoio a pessoas com diabetes intitulado DiabéT1cos, entregou ontem, dia 14 de janeiro, na Assembleia da República (AR), a petição pública em defesa do alargamento da comparticipação de bombas de insulina para maiores de 18 anos, que conta com um total de 10.886 assinaturas.

 

Lançada em dezembro de 2018, a petição tem como objetivo principal pedir a intervenção da AR para que se avance com legislação tendo em vista o alargamento da comparticipação de bombas de insulina para todos os diabéticos que sejam recomendados pelas equipas médicas e que estejam aptos a utilizar o dispositivo.

A petição pretende também pedir que sejam introduzidas alterações na forma como é feita a escolha dos dispositivos a atribuir através da comparticipação. O objetivo é que mais marcas de bombas de insulina possam estar à disposição, de modo a permitir um melhor ajuste do dispositivo médico ao paciente.

O documento foi entregue em mão ao vice-presidente da AR, Dr. António Filipe, em representação do Presidente da Assembleia da República Dr. Ferro Rodrigues, por Sérgio Tavares da Silva, primeiro peticionário e fundador do Grupo DiabéT1cos, Teresa Alves e Idálio Reis, ambos moderadores no grupo.

O encontro contou também com a presença da Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP), na figura do seu presidente, o Dr. José Manuel Boavida, associação esta que tem apoiado a petição desde o primeiro momento.

A petição pode ser consultada aqui.

Fotografia: DiabéT1cos

 


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019