Tomada de posse do Dr. Miguel Guimarães como bastonário da Ordem dos Médicos: veja os melhores momentos
05/02/2020 15:10:11
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Tomada de posse do Dr. Miguel Guimarães como bastonário da Ordem dos Médicos: veja os melhores momentos

O bastonário da Ordem dos Médicos, o Dr. Miguel Guimarães, tomou posse na quarta-feira após ter vencido, no dia 16 de janeiro, as eleições da ordem profissional pela segunda vez consecutiva. A cerimónia decorreu ontem, dia 6 de fevereiro, na Estufa Fria, em Lisboa, numa cerimónia que contou com a presença da ministra da Saúde, a Prof.ª Doutora Marta Temido.

 

O Dr. Miguel Guimarães foi o único candidato à liderança da Ordem dos Médicos para o triénio 2020-2022, verificando-se um reforço do apoio dos profissionais de saúde em relação a 2017.

Em declarações à Lusa antes das eleições, o bastonário referiu que o principal objetivo do seu próximo mandato é recuperar a dignidade dos médicos e a restituição da ideia de que vale a pena trabalhar no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Para além disso, o responsável compromete-se a defender a “relação médico-doente” como candidata a património cultural imaterial da humanidade, bem como a que seja aplicado o regulamento que define os tempos padrão das consultas médias, referindo-se aos intervalos de tempo entre marcação de consultas, quer no público, quer no privado.

Outra das propostas passa pela criação de “vales consulta” no SNS para os casos em que são ultrapassados tempos de espera ou que o Estado comparticipe os exames quando o doente tem de recorrer ao setor privado ou social. Finalmente, o bastonário referiu exigir ao Ministério da Saúde a integração de várias aplicações informáticas de modo a simplificar os processos, bem como o investimento em equipamentos.

 


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019