Livro Branco das Doenças Raras apresenta “conhecimento aprofundado” da área
27/02/2020 17:42:32
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Livro Branco das Doenças Raras apresenta “conhecimento aprofundado” da área

O “Livro Branco das Doenças Raras e dos Medicamentos Órfãos em Portugal” foi apresentado hoje, dia 27 de fevereiro, pela Associação Portuguesa de Empresas de Bioindústria (P-BIO). O evento, que introduz o primeiro documento com todo o conhecimento científico sobre a realidade portuguesa na área, decorreu nas instalações da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed), em Lisboa. Em conversa com a News Farma, o Prof. Doutor Francisco Batel Marques, docente na Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra, revelou as motivações por detrás do projeto editorial. Veja o vídeo.

 

O documento teve como objetivo inicial ser “uma compilação isenta, objetiva e técnico-cientificamente bem fundamentada sobre o panorama do diagnóstico, tratamento e investigação das doenças raras em Portugal”, começa por dizer o Prof. Doutor Francisco Batel Marques.

Para além disso, o livro hoje apresentado constitui “um documento passível de ser consultado a cada momento em que algumas dúvidas se possam colocar”, incluindo “desde centros de referência, a critérios de diagnóstico genéticos”, acrescenta.

O responsável sublinha também que o projeto representa a disponibilidade multidisciplinar entre os parceiros, para que o livro “possa servir de apoio aos processos de tomada de decisão, designadamente no financiamento de tecnologias”.
“Aprendi muito”, confessa o coordenador, que conviveu com “pessoas com entrega, que de dia para dia dão suporte aos doentes”, revelando “uma participação interessantíssima dos representantes dos doentes e uma consciencialização profunda, e muito correta, no que respeita a perspetiva da sua própria participação” no processo editorial.

Para o Prof. Doutor Francisco Batel Marques, o maior desafio foi dar sequência aos tópicos contemplados no documento: “O que faz de um conjunto de pérolas um colar é o fio que as une, portanto, o desafio foi construir o fio para que pudéssemos unir as pérolas e dar uma sequência, solidez e coerência ao livro”, conclui.

O livro é o resultado de um esforço conjunto do Grupo de Trabalho das Doenças Raras da P-BIO e do Centro de Avaliação de Tecnologias de Saúde e Investigação do Medicamento da Associação para Investigação Biomédica em Luz e Imagem (AIBILI), contando com a participação de quinze especialistas. O documento foi coordenado pelo Prof. Doutor Francisco Batel Marques, bem como pelo Dr. Joaquim Marques, coordenador do Grupo de Trabalho das Doenças Raras da P-BIO.

Consulte aqui a versão digital.

Vídeo


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019