Programa abem: reconhecido por várias entidades
06/03/2020 14:15:39
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Programa abem: reconhecido por várias entidades

O Programa abem: Rede Solidária do Medicamento foi recentemente reconhecido com mais uma distinção. A Bayer Portugal considerou o Programa, lançado pela Associação Dignitude, como uma das “Ideias Que Mudam o Mundo”, prémio que a empresa atribui no âmbito da responsabilidade social, visando projetos originais e inovadores que contribuam para o bem-estar da comunidade. O valor do prémio é de 20 mil euros, total que reverteu para o Fundo Solidário abem:, permitindo apoiar mais de 200 beneficiários durante um ano.

 

A distinção agora feita pela Bayer é a última de uma série de prémios com que o abem: viu distinguido o trabalho desenvolvido em prol do acesso de portugueses mais carenciados aos medicamentos de que precisam.

“O reconhecimento de que o abem: tem sido alvo por parte de variadas entidades é, acima de tudo, um fator de motivação para fazer cada vez mais e melhor. Pretendemos chegar a todos os cidadãos que, por questões económicas, veem o acesso ao medicamento vedado, e só com o apoio de todos e a notoriedade que estes prémios atribuem à nossa rede, isso será possível”, refere a Dr.ª Maria João Toscano, diretora executiva da Associação Dignitude, entidade dinamizadora do Programa abem:.

A acrescer a prémios recebidos em anos anteriores, em 2019, o Programa abem: recebeu um donativo da “Nato Charity Bazaar”, foi vencedor do prémio da Federação Internacional Farmacêutica “FIP’s 2019 Pharmacy Practice Improvement”, do “World Summit Awards – National Nominee 2019 – Categoria Inclusion & Empowerment”, do segundo lugar no “Prémio Manuel António da Mota” e vencedor do “Prémio de Boas Práticas do Envelhecimento Ativo e Saudável na Região Centro – Categoria Saúde+”.

Para o sucesso do abem: muito contribuiu também o apoio da Portugal Inovação Social, através de Fundos da União Europeia. Desde 2018, a entidade tem tido o apoio do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE), do Fundo Social Europeu. Em 2019, foi aprovada a candidatura ao Programa Operacional Regional do Algarve (CRESC Algarve 2020), do mesmo fundo. No ano passado, foi submetida uma candidatura ao Programa Operacional Regional de Lisboa (Lisboa 2020), aguardando-se ainda decisão.


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019