Conversa virtual destaca “o valor de cada minuto na diabetes”
10/07/2020 11:59:53
Partilhar por emailShare on Google+Partilhar no facebookPartilhar no linkedinPartilhar no twitter
Conversa virtual destaca “o valor de cada minuto na diabetes”

A monitorização contínua da glucose intersticial revolucionou a vida de quem tem diabetes, por ser um método minimamente invasivo e por fornecer dados detalhados sobre as flutuações nas glicemias, não detetadas pela automonitorização da glucose. Depois de uma sessão dedicada aos profissionais de saúde, a News Farma, com o apoio da Menarini, regressa com uma emissão destinada à partilha de conhecimento sobre o GlucoMen Day® CGM para o público em geral, focando-se na experiência de quem vive com a diabetes. O webinar decorre já no dia 14 de julho, às 21h00, aqui.

 

GlucoMen Day® CGM trata-se de um sistema de monitorização contínua da glucose em tempo real, cuja verdadeira revolução está na ausência de agulha para aplicação do sensor e no fornecimento de valores de glucose a cada minuto durante 14 dias, permitindo substituir totalmente as glicemias capilares na decisão terapêutica. Além disso, é um sistema inteiramente amigo do ambiente.

Contando com a presença de Paula Nunes, que tem diabetes tipo 1, e a Dr.ª Jenifer Duarte, presidente da Associação de Jovens Diabéticos de Portugal (AJDP) que também vive com a doença, a Dr.ª Ana Filipa Lopes, endocrinologista da Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP) e os Enfs. Duarte Matos e Marina Dingle, do Departamento de Crianças e Jovens da APDP, estarão à conversa sobre tópicos como as características do GlucoMen Day® CGM, o impacto da medição a cada minuto, a partilha de dados em tempo real, o que mudou na vida dos doentes, entre muitos outros.

Não perca a emissão, já no próximo dia 14 de julho, às 21h00, aqui.

 


Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019