Os resultados da análise ao programa XANTUS da Bayer confirmam o perfil de segurança global do inibidor do Fator Xa oral rivaroxabano na prática clínica diária.  Além disso, a avaliação destacou baixas taxas de hemorragia e de AVC em doentes com fibrilhação auricular (FA) sob esta terapêutica, bem como baixas taxas de descontinuação do tratamento. No geral, 96% dos doentes não sofreram qualquer um dos seguintes eventos: hemorragia significativa emergente do tratamento, AVC, embolismo sistémico e morte por todas as causas. Os dados foram recentemente publicados no Journal of the American College of Cardiology.

Publicado em Notícias

Pesquisa

Publicações

Prev Next

Médico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Farmacêutico News, 37, janeiro/fevereiro 2019

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

15.º Congresso Português de Diabetes, n.3

  SIDA, 37, janeiro/fevereiro 2019